Qual o valor da tua mensagem?

Me formei em publicidade e propaganda e desde pequeno sempre fui um apaixonado pelos comerciais de TV e anúncios impressos. Na faculdade me dei conta de que aquilo era apenas a ponta do iceberg e que um trabalho enorme era feito para que tudo estivesse pronto para ser veiculado na mídia. Pesquisa, planejamento, fotografia, produção, direção de arte, redação, elenco, etc. Tudo para que aquela peça pudesse cumprir o seu papel de divulgar, informar, encantar e no caso de um produto, por fim, nos fazer experimentá-lo.

imagem3

As empresas fazem altos investimentos em publicidade e propaganda, pois sabem muito bem o valor de sua mensagem, porém, no geral, não fazem muitos investimentos quando o assunto é apresentação corporativa. Principalmente as ppts do dia-a-dia. Acabam ficando por conta de seus colaboradores. Então comecei a imaginar: “por que as apresentações em PowerPoint não são tratadas como os anúncio de revista?” E depois:

imagem11

Quando um leitor de uma revista, por exemplo, a folheia, muitas são as distrações. Pra começar, é mais provável que ele esteja a procura de notícias e artigos e por mais criativo que seja o anúncio, ele ainda é impessoal. O objetivo é tentar atingir uma porcentagem muito inferior ao número de leitores. Mas até aí tudo bem. Se o objetivo da empresa é este, ótimo!

O PowerPoint é uma mídia. Uma das mais populares e usada por milhares de pessoas diariamente. A grande vantagem desta ferramenta sobre o anúncio de revista é que você está diante de sua platéia. Em um ambiente muitas vezes controlado por você. A atenção deles será sua por cerca de 20 minutos.

imagem21

E então? O que você irá fazer para se preparar para este momento? Vale a pena investir seu tempo e dinheiro? Qual o valor de sua mensagem? Este é o potencial do impacto que pode ser causado por sua apresentação. Com simplicidade, inteligência e investimento proporcional. Prepare-se!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *